Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

MEO Cloud


Segunda-feira, 31.03.14

Novidades e funcionalidades

Os mais atentos terão reparado que há novidades no site. Novas funcionalidades, lançadas no final da passada semana.

 

Pretendemos fazer um post por cada uma das novas funcionalidades, mas este é o post em que descrevemos as novidades, mais genericamente.

 

Para além de alguns bugs de interface que ocorriam raramente mas que mesmo assim precisavam da nossa a atenção, desenvolvemos algumas novas funcionalidades, algumas delas pedidas especificamente pelos utilizadores.

 

Recuperação em massa de ficheiros

 

Até agora, se apagávamos ficheiros, apenas poderíamos recuperá-los um a um. Na grande maioria dos casos, isto não representava qualquer transtorno, porque a maioria dos utilizadores apenas precisa de recuperar um ou dois ficheiros. Mas, para os casos em que era necessário recuperar muitos ficheiros, o processo poderia tornar-se...... penoso. Já não. Já é possível recuperar mais do que um ficheiro de cada vez. E estamos a trabalhar em mais novidades nesta área.

 

 

Short urls

 

Sempre que partilhamos um ficheiro ou uma pasta, ficamos um link, para que possamos dá-lo a qualquer pessoa ou usar em qualquer rede social. Ficamos mesmo com um link eeeennnnnnooooorrrrmmmmmmeeeeee. Recebemos muitos pedidos para que o link fosse menor. Decidimos manter o link longo, mas dar a possibilidade de encurtá-lo, a quem quiser um link um pouco mais curto. Enfim, muito mais curto.

 

 

MailUpload2Me

 

 

Já tínhamos uma pasta de Upload2Me (a forma mais fácil e mais rápida de receber ficheiros, mesmo de quem ainda não tenha MEO Cloud). Agora temos, associado à pasta Upload2Me um endereço de mail. Todos os anexos das mensagens enviadas para esse endereço de mail, aterram automaticamente nesta pasta. A forma mais rápida e mais eficiente de receber ficheiros, mesmo ficheiros grandes.

 

 

Apagar definitivamente

 

Quando removemos um ficheiro, a MEO Cloud permite que o ficheiro possa ser recuperado, durante 30 dias. No fim desse período de 30 dias, o ficheiro é removido. Não havia a possibilidade de remoção imediata e definitiva do ficheiro. Passou a haver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 13.02.14

Olha nós na Homepage do SAPO

 

 

Hoje é dia de take-over à Homepage do SAPO.

 

A MEO Cloud está hoje com uma campanha na Homepage do SAPO. 

 

Gostamos particularmente da imagem do peso, claramente uma inspiração montypythoniana, que oportuna e visionariamente usou as 16 toneladas, o que nos permitiu chegar à frase "Para 16 toneladas de problemas, 16GB de soluções".

 

Também gostamos muito a frase "sem tretas, truques ou asteriscos". Sobretudo porque é verdade :)

 

A todos os que chegam agora à MEO Cloud, as nossas boas-vindas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 12.02.14

Somos finalistas dos Telecoms.com awards 2014

 

A MEO Cloud é finalista nos Telecoms Awards 2014.

 

 

Os Telecoms.com são uma iniciativa que pretende distinguir, na indústria das telecomunicações, as iniciativas mais inovadoras, e com práticas de excelência. Globalmente. A passagem à short list e os vencedores são decididos por um painel de jurados independentes, com décadas de experiência no sector. É uma espécie de óscares, mas para as telecomunicações.

 

A MEO Cloud é finalista na categoria "Best Consumer Cloud Offering", ao lado de concorrentes de peso como a AT&T e a British Telecom (enfim, são tão pesados como nós).

 

Para além da MEO Cloud, a Portugal Telecom é finalista também com MEO Go na categoria "Operator OTT Service Launch" e com o Data Center da PT na Covilhã na categoria "Green Technology".

Os vencedores são anunciados no final de Fevereiro, numa cerimónia a decorrer em Barcelona.

 

Viva nós!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 29.01.14

Nova versão da app de iOS

Submetemos na semana passada e foi publicada ontem na app store a nova versão da app de iOS. A versão 1.4.1.
Há várias novidades nesta versão, funcionalidades, melhoramentos e correcção de pequenos problemas. A saber:

- O limite dos ficheiros enviados via mobile aumentou de 2GB para 3GB. 
- Passou a ser possível partilhar uma pasta, por link, através dos detalhes dessa pasta.
- Foram corrigidos os erros que ocorriam em alguns dispositivos no momento da partilha por mail, no momento de desactivar a opção de "Câmara Upload" (com o upload ainda em curso) e o erro de diminuição da imagem na rotação do dispositivo.
- A view de aviso de cookies deixou de aparecer no Login.
Esperamos que gostem, e quem tem iPhone ou iPad e ainda não tenha esta app instalada, pode fazer o download, gratuitamente claro, na app store.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 24.01.14

Nova versão da app de Windows Phone



Submetemos (e já entrou na loja) uma nova versão da app de Windows Phone que resolve alguns dos problemas que nos foram reportados. Obrigada a todos os que nos fizeram chegar feedback :)

 

Quem já tem a app de Windows, deverá ter recebido a notificação para fazer a actualização. Quem ainda não tem a app, pode visitar a loja da Microsoft, e fazer o download.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 13.01.14

Versão Linux da MEO Cloud

 

 

Os mais atentos já terão visto na nossa página de downloads uma nova versão da MEO Cloud para Linux. Para esses e para os potenciais interessados, este post pretende mostrar um pouco do que acontece debaixo do pano desta nova versão e divulgar os próximos passos para a comunidade dos *nix users.

A primeira série de versões dos clientes da MEO Cloud foi feita com o objectivo de chegar ao maior número de computadores e sistemas operativos. Por essa razão, a estratégia seguida foi separar o cliente em duas componentes:

MEO Cloud Core: responsável por todas as operações de sincronismo e de diálogo com as APIs da MEO Cloud
MEO Cloud GUI: implementada em WxPython por ser um ambiente razoavelmente “cross platform”, responsável pela interface gráfica, dialogando com o Core para todas as operações necessárias.

Durante o ano passado e após algumas versões lançadas neste modelo achámos que o requisito de ser “cross platform” estava a fazer-nos perder alguma eficiência na integração efectiva com os diferentes sistemas operativos e optámos por uma nova estratégia: mantendo a MEO Cloud Core, decidimos implementar nativamente as interfaces gráficas com os diferentes sistemas operativos. Assim nasceram as novas apps de Mac OS e Windows.

Para a versão de Linux identificámos dois objectivos

• Versão CLI (command line interface) 
• Versão GUI

Optámos por começar com a versão CLI porque com ela chegamos de imediato a todos os ambientes (server e desktop). Assim o fizemos tendo o cuidado de disponibilizar versões para diferentes arquitecturas e repositórios.

A versão CLI está assim disponível nas arquiteturas x86_64, i386 e armv6l em pacotes .deb (Debian, Ubuntu, Mint, ElementaryOS, etc) e .rpm (Fedora, RedHat, etc).

A aposta em diferentes arquitecturas (incluindo armv6l) permite instalar a aplicação em praticamente todos os desktop pcs, servidores, NAS e até Raspberry Pi!.

Praticamente todas as funcionalidades existentes nas versões GUI foram implementadas na versão CLI, incluindo selective sync, notificações, suporte de symbolic links, etc.

Este foi o primeiro passo. O próximo é a versão GUI. O desafio será a integração com os diferentes Desktop Managers e File Managers existentes em Linux. Este desenvolvimento começará muito brevemente e certamente iremos dando notícias da sua evolução. Contamos com a comunidade de utilizadores para ir testando as versões beta que formos lançando.

Ah… Só mais um detalhe…

Decidimos lançar a versão CLI também em open source. Porquê? É um convite e um desafio para que a comunidade implemente as suas próprias versões à medida das suas necessidades. A interface com o core está toda documentada para simplificar o trabalho a quem se venha a dedicar a esta tarefa.

 

Mais informações sobre este tema, em breve, num post próximo de si.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 10.01.14

Tráfego MEO Cloud grátis no MOCHE

Uma boa notícia para quem tem MEO Cloud e MOCHE (SUB 25). 

 

Como dizem no site do MOCHE, agora quem tem MOCHE (SUB 25) tem "um abuso de espaço para guardares as tuas cenas sem gastares um tusto". É verdade, embora nós aqui na MEO Cloud usemos um discurso ligeiramente menos coloquial :)

 

Todos os clientes MOCHE (SUB 25) que usem a MEO Cloud, não gastam tráfego de dados. Uploads e downloads da e para a MEO Cloud não contam para o consumo de tráfego de dados. Grátis, como dizemos na MEO Cloud, sem gastar um tusto, como dizem no MOCHE. 

 

 

 

Se já tem MOCHE (SUB 25) e ainda não tem MEO Cloud, é seguir este link, criar conta e começar a usar.

 

Se já tem MEO Cloud e ainda não tem MOCHE (SUB 25), saiba mais, aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 03.01.14

É oficial - Nova app da MEO Cloud - Windows Phone

 

 

A app de MEO Cloud para Windows Phone foi submetida e aprovada, estando já disponível na Windows Phone Store.

 

Quem tenha smartphones Windows já tem uma aplicação novinha e pronta a estrear, de MEO Cloud.

 

É fazer o download e começar a usar. 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 31.12.13

Bom 2014

2012 foi o ano do lançamento, 2013 foi o ano da consolidação e lançamento de novas funcionalidades. 2014 vai ser um ano especial, para a MEO Cloud.

Crescimento e um ritmo alucinante de lançamento de novas funcionalidades e muitas novidades. A começar já no início de Janeiro.

 

Bom 2014. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 06.12.13

Sabia que...



Este é o primeiro duma série de posts que pretendemos fazer, dando mais visibilidade a algumas funcionalidades da MEO Cloud que algumas pessoas não conhecem ainda.

 

Vamos começar por uma funcionalidade simples, mas que tem um impacto enorme na nossa qualidade de vida. Sobretudo na dos que usam o seu smartphone para tirar muitas fotografias.

 

Fotos alojadas no smartphone trazem duas enormes desvantagens. Em caso de "extravio" do telemóvel, ficamos sem as fotografias e, para além disso, ficam a ocupar espaço. 

 

A app da MEO Cloud que pode (e deve) instalar-se em qualquer smartphone (Android, iOS e, brevemente Windows Mobile Phone) pode ser configurada para que as fotos (e, já agora, os vídeos), sejam enviados para a sua conta de MEO Cloud, podendo depois ser removidas do smartphone, para que não fiquem a ocupar espaço, e para que estejam seguras, caso perca, extravie ou estrague o seu dispositivo.

 

Mais, pode até configurar a app para que apenas envie as fotos e os vídeos quando estiver a aceder à Internet via wi-fi (não consumindo assim plafond o plano de dados móveis).

 

As apps são, obviamente, de download gratuito. Podem ser descarregadas directamente a partir das respectivas lojas.

 

A App Store para quem tem iOS.

 

A Play Store para quem tem Android.

 

(Brevemente a app Windows Mobile estará na Windows Phone Store).

 

Para mais informações, basta seguir o link para a área da ajuda que se dedica exclusivamente a esta funcionalidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



O blog oficial da MEO Cloud - 16GB grátis, para todos, sem exceções, sem asteriscos.