Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MEO Cloud



Segunda-feira, 13.01.14

Versão Linux da MEO Cloud

 

 

Os mais atentos já terão visto na nossa página de downloads uma nova versão da MEO Cloud para Linux. Para esses e para os potenciais interessados, este post pretende mostrar um pouco do que acontece debaixo do pano desta nova versão e divulgar os próximos passos para a comunidade dos *nix users.

A primeira série de versões dos clientes da MEO Cloud foi feita com o objectivo de chegar ao maior número de computadores e sistemas operativos. Por essa razão, a estratégia seguida foi separar o cliente em duas componentes:

MEO Cloud Core: responsável por todas as operações de sincronismo e de diálogo com as APIs da MEO Cloud
MEO Cloud GUI: implementada em WxPython por ser um ambiente razoavelmente “cross platform”, responsável pela interface gráfica, dialogando com o Core para todas as operações necessárias.

Durante o ano passado e após algumas versões lançadas neste modelo achámos que o requisito de ser “cross platform” estava a fazer-nos perder alguma eficiência na integração efectiva com os diferentes sistemas operativos e optámos por uma nova estratégia: mantendo a MEO Cloud Core, decidimos implementar nativamente as interfaces gráficas com os diferentes sistemas operativos. Assim nasceram as novas apps de Mac OS e Windows.

Para a versão de Linux identificámos dois objectivos

• Versão CLI (command line interface) 
• Versão GUI

Optámos por começar com a versão CLI porque com ela chegamos de imediato a todos os ambientes (server e desktop). Assim o fizemos tendo o cuidado de disponibilizar versões para diferentes arquitecturas e repositórios.

A versão CLI está assim disponível nas arquiteturas x86_64, i386 e armv6l em pacotes .deb (Debian, Ubuntu, Mint, ElementaryOS, etc) e .rpm (Fedora, RedHat, etc).

A aposta em diferentes arquitecturas (incluindo armv6l) permite instalar a aplicação em praticamente todos os desktop pcs, servidores, NAS e até Raspberry Pi!.

Praticamente todas as funcionalidades existentes nas versões GUI foram implementadas na versão CLI, incluindo selective sync, notificações, suporte de symbolic links, etc.

Este foi o primeiro passo. O próximo é a versão GUI. O desafio será a integração com os diferentes Desktop Managers e File Managers existentes em Linux. Este desenvolvimento começará muito brevemente e certamente iremos dando notícias da sua evolução. Contamos com a comunidade de utilizadores para ir testando as versões beta que formos lançando.

Ah… Só mais um detalhe…

Decidimos lançar a versão CLI também em open source. Porquê? É um convite e um desafio para que a comunidade implemente as suas próprias versões à medida das suas necessidades. A interface com o core está toda documentada para simplificar o trabalho a quem se venha a dedicar a esta tarefa.

 

Mais informações sobre este tema, em breve, num post próximo de si.

Autoria e outros dados (tags, etc)


39 comentários

De dbrenha a 13.01.2014 às 14:27

whooo! Vou testar a sério quando tivermos GUI, para já vou desenterrar o raspberry pi para experimentar a versão CLI.
Espero que não tenha sido só porque eu ando sempre a chatear aqui nos posts... :)

De jonasnuts a 13.01.2014 às 14:38

Não demos por nos ter chateado :)

Mas os comentários aqui deixados, e no Facebook, e no Twitter, e na nossa área de sugestões, servem para isso mesmo, para sabermos o que pensa a comunidade, e endereçar os desejos manifestados (enfim, quando façam sentido, como é o caso) :)

De Sergio Freire a 13.01.2014 às 14:42

Onde está o URL para download do source code?

De Sergio Freire a 13.01.2014 às 15:08

o .tar.gz só tem binários.. não tem código fonte!

De jonasnuts a 13.01.2014 às 17:28

É verdade Sérgio, tem toda a razão. E o erro foi meu.Digamos que sofri do síndroma de publicação precoce. Devia ter publicado este post apenas e só quando estivesse reunida toda a informação necessária, e a verdade é que cliquei no botão "publicar" antes de tempo.

Estamos a trabalhar na documentação em falta, e até ao final da semana vamos disponibilizá-la aqui, num novo post.

Assumo consigo o compromisso de lhe responder a este comentário, avisando-o de que já estão disponíveis os dados em falta.

As minhas desculpas :)

De Sérgio Miranda a 22.01.2014 às 16:53

Caso ainda procures:

https://github.com/sapo/meocloud-cli

De Nuno Carapinha a 14.01.2014 às 15:32

Gostaria só de saber dado que o WxPython tem fraca performance, porque não utilizaram o mono?
Apesar de no lado de quem programa ser igual ao .net(windows) por trás e tudo nativo. Dado que tem varias camadas...
Alem de que existia a possibilidade de se usar apenas um GUI uniforme e funcionar para todos os OS... Nós (Linux Users) já sabemos que isto vai acabar por deixar-nos a nós para trás enquanto os outros OS vão poder receber atualizações de GUI ou de funcionalidades novas e nos ficaremos pelo CLI e á espera de GUI para as termos... E quem diz mono diz QML, que também é cross-platform e tem boa performace...

De philip a 14.01.2014 às 21:34

"Gostaria só de saber dado que o WxPython tem fraca performance, porque não utilizaram o mono?"

bem, esta até eu que não tenho nada a ver com o programa posso responder: pq todo o resto da cloudpt, inclusive o 'core' foi programado em python e, presumo, é a linguagem onde os developers se sentem mais confortáveis.

De GP a 14.01.2014 às 22:36

Boa noite,

Gostaria de deixar aqui o meu agradecimento por mais uma versão do client de Linux, ainda que incompleta. Fico a aguardar com muita expectativa pelo futuro GUI, e espero que esta promessa não caia no esquecimento. Também é agradável ver a distribuição ser feita com binários acessíveis a qualquer utilizador pouco familiarizado com Linux.

Obrigado.

De jonasnuts a 14.01.2014 às 22:48

Não tem de quê :)

Mesmo que quiséssemos esquecer (e não queremos), temos sérias dúvidas de que a comunidade utilizadora de Linux nos permitisse o esquecimento :)

Obrigada pelo feedback.

De André Paulos do Nascimento a 15.01.2014 às 15:12

Boa tarde:

Antes de mais, quero agradecer o bom trabalho que têm vindo a desenvolver.

Sou utilizador do Arch Linux, com o DE XFCE 4.10 e actualizei a aplicação cloudpt para a meocloud (https://aur.archlinux.org/packages/meocloud/).

A aplicação funciona muito bem, no entanto não consigo que a mesma arranque automaticamente quando faço o login no XFCE, apesar de a ter adicionado às aplicações de arranque (com o comando "meocloud start", nas aplicações de arranque). Tenho sempre de arrancar a aplicação manualmente após o login.

Será que estou a fazer alguma coisa de errado?

Cumprimentos,

André Paulos do Nascimento

De vcc a 12.04.2014 às 23:06

É necessário o caminho completo

/opt/meocloud/meocloud start

De André Paulos do Nascimento a 16.04.2014 às 10:09

Obrigado pela dica. Até agora resolveu o problema.

Obrigado!

De PRafael a 16.04.2014 às 15:09

Apenas para dizer que aguardo o interface, que a CLI funciona bem (inclusive com arranque automático no SolidK (KDE) e que as instruções de instalação deveriam ser revistas para incluirem esta informação do path completo para arrancar automaticamente com a aplicação.

Espero pelo GUI em breve....

Bom trabalho

De Joaquim Venâncio a 15.01.2014 às 17:45

Boa tarde.

Já faz algum tempo que esperava por esta Aplicação para o Linux, uso o SolydX (XFCE) e acabei de instalar a aplicação. Se houver algum problema comunico aqui.

De jonasnuts a 15.01.2014 às 17:47

Obrigada :)

De André Paulos do Nascimento a 15.01.2014 às 19:10

Boa noite:

Consegue fazer arrancar automaticamente o programa no início da sessão do XFCE?

Cumprimentos,

André Paulos do Nascimento

De Joaquim Venâncio a 29.01.2014 às 22:14

Peço desculpa por responder só agora.
A verdade é que para iniciar a aplicação tenho de inserir o comando no terminal

De v silva a 17.01.2014 às 10:48

Obrigado pela versao linux, funciona perfeitamente no meu CentOS.
Para mim a versao cli está otima, usa 20 Mb de ram e cpu minimo.
a rever seriam opcoes de limitacao do upload e download rate.
bom trabalho sem dúvida.

De jonasnuts a 17.01.2014 às 10:51

Obrigada pelo feedback.

Vou encaminhar as sugestões para a equipa de desenvolvimento de Linux.

De v silva a 21.01.2014 às 18:09

depois de mais uns dias de utilizaçao encontrei dois pequenos problemas.

o firefox sempre que uso o meocloud crasha.imagino que nao seja problema da versao para cli de linux, pois inicialmente pensava que fosse devido a ter o meocloud cli a trabalhar, mas o mesmo acontece com ele desligado.
minha versao firefox é
24.2.0.
nao é grande problema porque uso tambem o chromium.sem problemas neste.
talvez nada disto seja relevante com a aplicacao lançada , mas deixo aqui nota.

segundo pequeno problema vais em conta do que referi em cima. limite de upload.
sempre que o meocloud esta a trabalhar aplicaçoes tipo o pidgin nao só desconectam como nao consigo voltar a conectar.necessito de meocloud stop.
bom trabalho e obrigado.

De Joaquim Venâncio a 29.01.2014 às 22:16

Boa noite.
Como faço para que a aplicação inicie quando inicio sessão no meu SolydX???

De Luis Teixeira a 02.02.2014 às 15:42

O tempo Urge, e continuo a usar o cloudpt. Pois funciona. Mas adorava ter o gui mais recente. Espero que não se esqueçam desta comunidade. Desde já devo referir que uso a mais recente Distribuição Luso/Brasileira LaciOS 64 uma Distro que saiu de um Fórum Linux & Companhia e temos usado o "meocloud". Agora!
A minha pergunta é se é possivel usar 2 contas de MeoCloud se em simultaneo ou terá de ser em separado, e se em pastas diferentes localmente falando?
Agradecia a vossa atenção
Obrigado e Boa semana
Luis Teixeira

Comentar post


Pág. 1/3




O blog oficial da MEO Cloud - 16GB grátis, para todos, sem exceções, sem asteriscos.